//
você está lendo...
Futuro do Pretérito

COPOM reduz juros ao mesmo patamar de 1996

A decisão de ontem pegou de surpresa muitos observadores da economia brasileira, não apenas das bolsas, que já se sabia que seriam reduzidos não é surpresa, mas fato de o conselho ter feito a uma das mais radicais reduções já feita.

Todas as vezes que a redução gioru em torno do 0,25% ou pouco mais a discussão sempre orbitou na necessidade de medidas mais ousadas em prol do aumento do crédito, esses, como a FIESP e Força sindical, naturalmente não demonstraram satisfação com esse patamar.

A decisão foi por 6votos a 2 e se fundamentou na exectativa de infação, que está reduzida ante à meta que foi estabelecida.

Abaixo nota do BC anunaciado a redução. e para não deizer que esqueceu-se das flores, o presidente decidiu manter a redução do IPI.

Copom reduz a taxa Selic para 9,25 % ao ano
10/6/2009 20:00:00
Brasília – Tendo em vista as perspectivas para a inflação em relação à trajetória de metas, o Copom decidiu reduzir a taxa Selic para 9,25% a.a., sem viés, por seis votos a favor e dois votos pela redução da taxa Selic em 0,75 p.p. Levando em conta que mudanças da taxa básica de juros têm efeitos sobre a atividade econômica e sobre a dinâmica inflacionária que se acumulam ao longo do tempo, o Comitê concorda que qualquer flexibilização monetária adicional deverá ser implementada de maneira mais parcimoniosa. O Copom acompanhará atentamente a evolução do cenário prospectivo para a inflação até a sua próxima reunião, para então definir os próximos passos da estratégia de política monetária.

Brasília, 10 de junho de 2009

Banco Central do Brasil
Assessoria de Imprensa
(61) 3414-3462
imprensa@bcb.gov.br

Anúncios

Discussão

Os comentários estão desativados.

Gotas

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

agenda

junho 2009
S T Q Q S S D
« maio   jul »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
%d blogueiros gostam disto: