//
você está lendo...
Fim de Turno

A concordata da GM

Há alguns anos quando a Apple Computer inc. estava mal a Newsweek estampou como chamada em uma capa o título A queda de um mito americano, creio que esse é o sentimento com que muitos acordaram hoje, caiu uma das maiores empresas de um dos mais sólidos mercados.

O artigo de Michael Moore, apesar da sua criticidade, registra isso e exorta o governo e a população a abandonar o modelo de transporte baseado no grande automóvel pessoal, no qual o hummer da GM é símbolo, para meios de transporte próprios de uma nova era, e um novo tempo.

Em todos os releases e entrevistas os executivos tentar fazer crer que se trata do nascimento de uma nova empresa baseada em novos paradigmas, talvez ao ceticismo de Moore quanto isso precise ser revisto pois recentemente a GM anunciou parcerias com Segway e deu publicidades a projetos de carros elétricos.

Com o plano de reestruturação a participação acionária fica como o demonstrado abaixo, vale dizer que até por pressão da opinião pública e da Cãmara de comercio a Casa-branca não se anunciou que não se envolverá nas decisões da companhia mas mantém a prerrogativa de nomeação de parte dos membros do conselho de administração.

grafpizzanovagm

Ainda segundo o plano  de reestruturação as demissões, 20 mil trabalhadores, e o fechamento de unidades, 14 fábricas e 3 de autopeças, ocorrerão até 2011 e podreão ser revertidas caso a economia se recupere.

Quanto ás demais unidades(OPEL, Cadillac, Daewoo, Saab, Holden, Vauxhall, HUmmer, Saturn, GMC, Chevrolet) estarão à própria sorte ou dos governos onde estão instaladas. Os europeus se empenham para a definição de governo,como a Daewoo que aguarda o governo Koreano, GMC e Pontiac serão abandonadas, Buick e Cadillac e serão desatividas e reunificadas mais adaptadas ao mercado, Hummer será negociada com empresários chineses…Esta última talvez seja a que mais simbolize o momento da economia americana e da própria empresa.

Carros grandes, poluentes, grandes consumidores de combústivel, eles tal como uma das empresas que ajudou a consolidar o mercado acabam de ver história virando a página diante de seus olhos.

Há ainda incertezas se a empresa conseguirá se recuperar, as dívidas não cessaram, há bancos como citibank e Jpmorgam  , mas também previdência(dívidas de 12bi) e  detentores de bonus. O próprio governo já colocou que as dívidas com esses  bancos não poderiam deixar de serem quitadas. O próprio Obama  sintetizou bem as incertezas, apesar de reiterar que assegurará 30 bilhoes à empresa, “Dias difíceis estão à frente. Mais empregos serão perdidos, mais fábricas serão fechadas, mais revendedores fecharão suas portas, assim como muitos fornecedores de autopeças.”

release oficial da GM

A Chevrolet ou GM do brasil afirma que não será afetada, veja aqui.

Pedido de Concordata

Curiosidade: O centro administrativo da GM em Detroit chama-se renaissance center e a imagem HDR acima é de Ahren D

Anúncios

Discussão

Os comentários estão desativados.

Gotas

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

agenda

junho 2009
S T Q Q S S D
« maio   jul »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
%d blogueiros gostam disto: